Páginas

terça-feira, 20 de setembro de 2016

COLUNA ENSAIO GERAL: OS QUATROS MAIORES ARRASTÕES DA NOSSA POLÍTICA: PARTE II



Por:
Alexandre Tenório

      Na campanha de reeleição de Audálio Ferreira (2008), surge um nome novo para a disputa – JUDITH ALAPENHA. Na eleição anterior Judite tinha sido a vice da chapa de Hélio Urquiza.

      Judith com sua jovialidade e alegria logo conquistou os bom-conselhenses que queriam mudança.

      Até aquela altura o principal candidato de oposição à reeleição de Audálio Ferreira era Gervásio Matos, porém com sua candidatura sob judice, esta candidatura se enfraqueceu muito.

      Começa a campanha e Judite a cada dia mostrando força, com 30 dias de campanha todo cenário político aponta para ela como a principal candidatura de oposição a reeleição de Audálio Ferreira.

      Surge à notícia que ela iria fazer uma caminhada de mulheres, então num dia de sábado à noite Judith coloca na rua um arrastão só de mulheres, todas vestidas com camisetas brancas com um coração vermelho no meio da camiseta, além de um chapéu branco, todas vinham com uma bandeira branca na mão, realmente foi um espetáculo lindo de se ver. A quantidade de mulheres daquele arrastão era igual a qualquer grande arrastão que a campanha já tinha tido, o detalhe era que era só de mulheres. Dificilmente outra campanha colocará tantas mulheres num arrastão como aquele.

      Quatro anos depois na sua reeleição ela tentou reeditar o mesmo arrastão de mulheres e foi um fracasso comparado ao grande arrastão anterior.


      AMANHÃ FALAREMOS DO TERCEIRO ARRASTÃO

Nenhum comentário:

Postar um comentário