Páginas

quinta-feira, 23 de junho de 2016

Coluna Ufologia

A Mensagem de Arecibo e o Crop Circle de Chi lbolton (Parte 01)


FOTO 1 - Radiotelescópio de Arecibo em Porto Rico

Acredito que esse seja um dos assuntos mais interessantes e impactantes de toda a Ufologia e por ser tão importante, serei mais detalhista, o que me obrigará a dividir a matéria em algumas partes.

Pouca gente sabe a respeito e posso assegurar a você, leitor, que após o conhecimento dos fatos, com certeza irás ficar bem impressionado. A Mensagem de Arecibo vai muito além da mensagem que enviamos para o espaço a fim de conseguirmos alguma resposta como forma direta de contato com outros seres; porque o mais interessante de tudo é que SIM, A resposta veio!

Em 16 de Novembro de 1974, foi enviada ao espaço, através do radiotelescópio porto-riquenho Arecibo (foto 1), uma mensagem em código binário contendo informações do planeta Terra e da civilização humana. Idealizada por Frank Drake e Carl Sagan (foto 2), a mensagem teve seu sinal direcionado para o agrupamento globular estelar M 13, que está a aproximadamente 25.000 anos-luz de distância, e possui cerca de 300.000 estrelas na Constelação de Hércules.

Vamos ao conteúdo da mensagem, mas antes disso, confiram o modelo na foto 3.
FOTO 3 - Modelo da mensagem
enviada em código binário

A mensagem levava as seguintes informações de cima para baixo:

1 – Os pontos brancos são os números de 1 a 10, em código binário.

2 – Em seguida, na cor rosa, estão os elementos químicos que compõem a molécula de DNA representados por seus números atômicos: hidrogênio (1), carbono (6), nitrogênio (7), oxigênio (8) e fósforo (15), também em código binário.

3 – Abaixo, na cor verde, estão representados os nucleotídeos, as moléculas básicas que formam a estrutura maior da molécula de DNA. Estão representados a desoxirribose, a adenina, a timina, a citosina, a guanina e o fosfato.

4 – Depois temos duas linhas azuis torcidas em torno de uma haste branca vertical. As linhas representam a famosa dupla hélice da estrutura da molécula de DNA e a haste, o número de nucleotídeos "usados" para formá-la. Na mensagem de 1974 foi codificado o número 4,3 bilhões, que era a quantidade estimada de nucleotídeos na época. Hoje sabemos que esse número é de 3,2 bilhões.

5 - As hélices do DNA apontam para a cabeça de uma silhueta humana e à esquerda está o valor da altura média de um homem adulto (1,764 metros em valores da época). Já à direita está o valor da população mundial em 1974: 4,3 bilhões de pessoas.

6 - Logo abaixo, em amarelo, está representado o nosso Sistema Solar, com o terceiro planeta, a Terra, em destaque. Naquela época, Plutão ainda era planeta.

7 - Finalmente, a última parte da imagem mostra o rádio telescópio de Arecibo, que transmitiu a mensagem. Ele está apontado para baixo e a letra "M" na verdade mostra o caminho da radiação que chega paralela do espaço, reflete na curvatura do prato do telescópio e converge para o ponto focal.



A Mensagem de Arecibo nunca chegou ao conhecimento das pessoas como deveria realmente chegar, tampouco a resposta a essa mensagem que veio a acontecer nos anos de 2000 e 2001 quando desenhos (crop circles) apareceram em plantações nas mediações de Chilbolton, na Inglaterra (Foto 4). Agora essa matéria começa a ficar interessante de verdade, darei continuidade na próxima postagem, quando falarei sobre a resposta da Mensagem de Arecibo. É de impressionar! 

FOTO 2 - Carl Sagan e Frank Drake

FOTO 4 - A resposta da mensagem enviada,
em anos diferentes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário