Páginas

sábado, 27 de setembro de 2014

Candidata a Deputada Estadual Isabel Urquisa realiza carreata em Bom Conselho.



A candidata a Deputada Estadual pela Frente Popular, Isabel Urquisa, esteve na terra dos seus pais, o ex-deputado Hélio Urquisa e a ex-deputada e ex-prefeita de Olinda, Isabel Urquisa. Durante o dia foram realizadas várias visitas onde foi encerrado com uma grande carreata pelas ruas de Bom Conselho.

Veiculo roubado é encontrado em Bom Conselho.



A Polícia Militar foi acionada nessa sexta-feira (26), para averiguar um veículo que encontrava-se abandonado no Sítio Lagoa Cumprida, zona rural do município de Bom Conselho. Ao chegarem ao local, localizaram uma Montana, cor prata, ano 2006, placa DQW-3574. Ao realizarem consulta ao sistema Infoseg, o veículo apresentava restrição de roubo.


A Montana encontra-se bastante danificada, devido ao seu estado não foi possível removê-la para a cidade.

Pesquisa Datafolha: Dilma abre 13% de vantagem.


A presidente-candidata Dilma Rousseff (PT) abriu treze pontos de vantagem sobre a adversária do PSB, Marina Silva, indica pesquisa Datafolha divulgada nesta sexta-feira pelo jornal Folha de S. Paulo. No primeiro turno, Dilma ganhou três pontos em relação à pesquisa anterior e agora aparece com 40% de intenção de voto, enquanto Marina perdeu três pontos e caiu para 27%. O senador Aécio Neves (PSDB) permanece em terceiro lugar, mas oscilou um ponto positivamente e chegou a 18% de intenção de voto.

Na pesquisa anterior, publicada no último dia 19, a vantagem da presidente sobre a ex-ministra do Meio Ambiente era de sete pontos: Dilma tinha 37%, ante 30% de Marina Silva e 17% de Aécio. A nova pesquisa confirma a tendência de queda de Marina, alvo de uma artilharia da petista e também de ataques do tucano. No atual levantamento, indecisos somam 6%; brancos ou nulos, 5%.
A uma semana da eleição, o Datafolha divulgou pela primeira vez os resultados com base em votos válidos, ou seja, quando são excluídos da soma final os votos nulos ou em branco, conta mais próxima da que é feita na apuração pela Justiça Eleitoral. Neste cenário, Dilma teria 45%, Marina ficaria com 31%, e Aécio somaria 21%. No atual levantamento, indecisos somam 6% e brancos ou nuloes, 5%.

No segundo turno, porém, Dilma e Marina ainda empatariam no limite da margem de erro, que é de dois pontos para mais ou para menos. O novo levantamento indica que Dilma tem agora 47% contra 43% de Marina. A diferença em relação à pesquisa anterior é que Dilma assumiu a dianteira, antes com Marina: a pessebista tinha 46%, e a petista, 44%. Considerados apenas os votos válidos, Dilma teria 52%, e Marina, 48%.

Rejeição – A presidente-candidata ainda possui o maior índice de rejeição entre os presidenciáveis, apesar de ter registrado uma queda de dois pontos no quesito: de 33% no levantamento da semana passada, para 31% na nova rodada de entrevistas. O mesmo ocorreu com o tucano Aécio Neves, cuja rejeição baixou de 22% para 20%. Marina Silva sofreu efeito contrário: ela era rejeitada por 21% do eleitorado brasileiro – agora 23% afirmam que não votariam nela de jeito nenhum.


O levantamento foi encomendado pelo jornal Folha de S. Paulo e pela TV Globo. Ao todo, os pesquisadores entrevistaram 11.424 pessoas em 402 municípios dos 26 Estados e do Distrito Federal, entre os dias 25 e 26 de setembro. A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral sob o número BR-00782/2014.

Datafolha aponta Paulo Câmara 43% e Armando 34%



O candidato da Frente Popular ao governo do estado, Paulo Câmara (PSB), abriu uma vantagem de 9 pontos percentuais em relação ao adversário Armando Monteiro (PTB). De acordo com nova rodada da pesquisa Datafolha, divulgada nesta sexta-feira (26), o socialista tem 43% das intenções de voto e o petebista, 34%. A margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos. 


Na pesquisa divulgada no dia 10 de setembro, o candidato do PSB tinha 39% das intenções de voto e o do PTB, 33%.

A pesquisa foi realizada entre os dias 25 e 26 de setembro, ouviu 1.222 entrevistados em 44 municípios. A margem de erro é de três pontos percentuais, para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%. Foi registrada no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) sob o protocolo número PE-00031/2014.

Debate em Pernambuco: Candidatos enfatizam propostas e evitam embate.


O eleitor pernambucano teve, entre o final da noite desta sexta-feira (26) e o início da madrugada deste sábado (27), a oportunidade de conhecer propostas, ideias e perfis dos candidatos ao governo do estado que têm representatividade no Congresso Nacional. O debate promovido nesta sexta-feira pela TV Clube/Record contribuiu para que dúvidas fossem dissipadas e eventuais fragilidades e pontos positivos das candidaturas fossem expostos.


Candidato da Frente Popular, Paulo Câmara (PSB) reforçou o lema da continuidade do governo de Eduardo Campos. Defendeu o aprofundamento de políticas tratadas como cartão de visita pelos socialistas, a exemplo do Pacto Pela Vida, a construção de hospitais como solução para o atendimento médicos e atração de novos investimentos. Mais desenvolto que em outros confrontos, sedimentou a ideia que seguirá, sem correr riscos, a cartilha já escrita pelos mais de sete anos do PSB no governo do estado.     

Armando Monteiro (PTB), que concorre pela aliança Pernambuco Vai Mais Longe, reiterou o fato de ter mais estrada e trânsito nacional que o oponente do PSB. Com a segurança de anos de atuação no front da política, ressaltou que o estado precisa ir além dos avanços conseguidos pela gestão socialista e destacou, numa crítica a Câmara, que de nada adianta festejar a montagem de um time. “É preciso ter técnico para liderar o time”.

Por sua vez, Zé Gomes, postulante do PSol, tratou de salientar a semelhança das candidaturas do PSB e PTB. Segundo ele, os dois palanques defendem um modelo excludente de desenvolvimento, sem conexão alguma com sociedade, e que pôs Pernambuco na 18ª posição no ranking de Índice de Desenvolvimento Humano do país. O debate possibilitou, enfim, que se observasse a linha que separa o mero discurso de campanha das promessas exequíveis. Agora, às urnas!

Debate TV Clube/Record: Segundo Petebistas, Armando mostra outra vez que é o mais preparado

Debate TV Clube/Record: Armando mostra outra vez que é o mais preparado

Crédito da foto: Alexandre Albuquerque - Divulgação

Debate TV Clube/Record: Armando mostra mais uma vez que é o mais preparado

Em pouco mais de duas horas de debate promovido pela TV Clube/Record, o candidato Armando Monteiro (PTB) mostrou, mais uma vez, o porquê é o mais preparado para governar Pernambuco. Durante o confronto de ideias, nesta sexta-feira (26), o petebista elencou uma série de propostas para a saúde, educação, segurança pública, entre outras áreas. Essas ações vão proporcionar um novo patamar de desenvolvimento para os pernambucanos. Ao mesmo tempo, Armando pontuou as dificuldades com as quais o Estado ainda convive. Quem assistiu ao programa pôde conferir a diferença que separa o candidato do PTB dos demais oponentes.


Assim como ocorreu no debate realizado pela TV Jornal, na semana passada, e dos últimos confrontos ocorridos em emissoras de rádio, nos últimos 30 dias, Armando foi o protagonista no programa. Destaque em todos os temas abordados entre os candidatos e pelos eleitores, o petebista enfatizou que os pernambucanos necessitam, agora mais do que nunca, de um governante que tenha liderança, voz nacional, articulação e lastro político. Esses são alguns dos atributos que o candidato do PTB carrega ao longo de sua trajetória na vida pública.

Veja algumas propostas apresentadas por Armando Monteiro no debate da TV Clube/Record:


Segurança Pública

“O Pacto Pela Vida teve o seu papel, mas o que deve se levar em conta são os resultados. Em 2014, houve uma elevação dos índices de homicídios no primeiro semestre em comparação com o mesmo de 2013, algo que indica uma falta de controle. É preciso repactuar o Pacto e ter um olhar para todas as espécies de delitos. O Pacto focou muito no crime como a vida, que é o mais importante. Pernambuco ainda tem índice de homicídio muito superior à média nacional. Enquanto a média nacional é de 24 homicídios por 100 mil habitantes, Pernambuco tem a média de 37 por 100 mil habitantes. 60 municípios não têm delegados. E as delegacias não funcionam nos fins de semana. Vou aumentar os efetivos policiais e criar os 10 centros de policia cidadã, que vão ser equipados com delegacias especializadas.”


Saúde

“A área de saúde é um problema sério. Pernambuco fez um esforço, construiu hospitais na Região Metropolitana, mas o povo não avalia bem o sistema. Temos mais de 6 mil pessoas nas filas para realizar cirurgias eletivas. Não temos cobertura nos postos de saúde. E há um longo tempo de espera por exames. É preciso descentralizar o sistema. Para isso, vou fazer as Upas do Coração. Vamos construir 5 unidades, sendo 3 na RMR, uma no Sertão e uma no Agreste. Vou construir os centros de diagnósticos e imagens, que serão acoplados às Upas. Há muito o que se fazer na saúde de Pernambuco para fazer um padrão humanizado.”

Educação

“O ensino fundamental é o grande desafio porque é a base de tudo. O governo de Pernambuco não tem oferecido o suporte necessário para que os municípios elevem o nível pela base. Em que pese a evolução do ensino médio na avaliação do Ideb, onde saímos da 16ª posição para a 4ª, nos anos iniciais e finais do ensino fundamental estamos na 20ª posição e 22ª. É fundamental oferecer suporte técnico e pedagógico aos municípios, oferecendo incentivos para educação. O sistema educacional não pode aprofundar as desigualdades.”

Habitação

“Pernambuco não utilizou bem o programa Minha Casa Minha Vida. O Nordeste contratou 350 mil casas e em Pernambuco foram menos de 20 mil. Isso representa 6% do Nordeste. É um desempenho inaceitável. E veja que no projeto de recuperação da Mata Sul há um déficit de casas. Só em Palmares são 5 mil unidades que não foram entregues. Em Barreiros, têm 1,3 mil casas que não foram entregues.”

Meio Ambiente

“Temos 160 municípios em Pernambuco que convivem com os lixões. Esses municípios não atendem o que a Política Nacional de Resíduos Sólidos estabeleceu. Isso é deprimente. Vamos estimular os consórcios intermunicipais para fazer aterros. Temos como meta estimular as parcerias. Vamos ter atenção com os rios Capibaribe e Ipojuca, que precisam ser revitalizados. Temos um plano para recuperar o rio Capibaribe, que serve a 42 cidades, mas que está em condições extremamente degradada.”

Servidores estaduais

“É constrangedor a condição do Sassepe, a forma como os servidores estão sendo atendidos. A construção do hospital do Sassepe se arrasta há muito tempo e não foi concluída. Os convênios no interior não foram renovados, o que gera à comunidade dos servidores uma situação inaceitável de desproteção e de insegurança. Pernambuco não tratou bem os servidores. E olhe que Pernambuco teve a melhor condição para tratar bem os servidores. Tenho sentido no Estado que os servidores se sentem desprestigiado pela atual administração. Até o hospital da Polícia Militar não oferece as condições minimamente dignas de atendimento.”

Estradas

“A situação da malha viária de Pernambuco é preocupante. Um estudo da CNT indica que 35% da nossa malha viária está em condições péssimas ou ruins. Mas veja que o governo federal ajudou muito Pernambuco. Enviou recursos para a duplicação das BR-101, 408, 104. Foram obras que contaram com recursos do governo federal, mas a BR-104, por exemplo, que foi delegada ao Estado, tem problema. Era para ser concluída em 2011 e não chegou sequer a Toritama. Era para chegar ao distrito de Pão de Açúcar e não foi duplicada. Nós precisamos requalificar a malha, começando pela BR-232. Há 7 anos não enfrentamos o problema e que continua com a mesma pendência.”

Capacidade de fazer

“Pernambuco precisa de alguém que tenha liderança. Fala-se muito que Pernambuco precisa de um time, mas um time precisa ter um bom técnico. Uma orquestra precisa de um bom maestro. Vou valorizar as parcerias e ter articulação nacional. O que precisamos é fazer Pernambuco avançar. Fazer Pernambuco ir mais longe, seguir adiante. O pernambucano se tornou mais exigente e readquiriu a confiança no futuro. É preciso moldar uma sociedade mais justa e equilibrada. Pernambuco precisa de alguém que tenha condições de liderar o novo ciclo, que vai exigir diálogo nacional, capacidade de articulação. Pernambuco não pode ter um retrocesso.”


Crédito da foto: Alexandre Albuquerque - Divulgação

Segundo Socialistas, Paulo apresenta as melhores propostas para o Estado em debate da TV Clube/Record

Paulo apresenta as melhores propostas parao Estado em debate da TV Clube/Record



Socialista se mostrou o mais preparado para fazer Pernambuco seguir avançando


O debate promovido pela TV Clube/Record com os candidatos ao Governo, na noite dessa sexta-feira (26), foi mais uma oportunidade para o pernambucano observar nas ideias e propostas de Paulo Câmara (PSB) as melhores alternativas para o Estado seguir no caminho das transformações. Focado e afirmativo, o socialista venceu o encontro, mostrando-se novamente como o postulante mais compromissado em apresentar soluções para os problemas que afligem a população.

"Temos as melhores propostas e ideias para o Estado seguir no caminho do avanço, da continuidade de um governo que transformou a vida das pessoas", destacou Paulo. Ao longo de quatro blocos, o candidato detalhou um conjunto de ações que dialogam diretamente com as demandas existentes na sociedade. "Tivemos a oportunidade de discutir temas relevantes para a população e para a melhoria de áreas como educação, saúde, segurança, mobilidade e meio-ambiente. Foi muito válido", considerou.

No primeiro bloco, Paulo ressaltou seu compromisso de fortalecer o Pacto Pela Vida com a contratação de mais policiais e a utilização de mais equipamentos que contribuam com o enfrentamento às diferentes formas de violência. "Vamos contratar 8,5 mil policiais; aumentar os equipamentos, como câmeras de seguranças e trabalhar na prevenção, sobretudo no combate ao crack, que tem atingido muitos dos nossos jovens. Para isso, vamos triplicar as ações do Programa Atitude", pontuou o socialista. Câmara lembrou que Pernambuco é o único Estado do País que conseguiu registrar nos últimos setes anos consecutivas reduções no registro do número de homicídios.

A melhoria da mobilidade urbana foi um dos temas abordados pelo candidato da Frente Popular no segundo bloco do debate. Respondendo a uma pergunta de um telespectador sobre o assunto, Câmara reforçou que a priorização do transporte coletivo de passageiros se configura como o melhor caminho para a área. O socialista registrou que ações realizadas pelos governos de Eduardo Campos serão ampliadas. Além disso, outras ferramentas serão incorporadas com o objetivo de proporcionar um serviço de melhor qualidade à população.

"O transporte público é a alternativa que apostamos; envolve dois milhões de passageiros na Região Metropolitana. Por isso, vamos investir fortemente na ampliação do sistema de corredores exclusivos, com mais BRTs. Também firmaremos parcerias com os municípios para a implementação de faixas exclusivas de ônibus. O Recife já faz isso, ampliando a velocidade desses veículos na cidade", observou Paulo, indicando também a implantação do Bilhete Único, para que o cidadão não precise pagar diferentes passagens de ônibus para chegar ao seu destino; da Tarifa Única na RMR e do Passe Livre.

Paulo enalteceu, no terceiro bloco, os bons resultados possibilitados pelo modelo de gestão adotado pelo Governo de Pernambuco nos últimos anos. O socialista pontuou que a administração estadual conseguiu arrecadar mais sem precisar elevar sua carga tributária. "É um modelo que possibilitou que fizéssemos mais hospitais, UPAs, escolas de referência. É um modelo que escuta a população, que corrige, e, principalmente, faz as entregas", frisou Câmara.

Na sequência, o postulante frisou o compromisso da Frente Popular de promover o desenvolvimento econômico estadual em consonância com a preservação e a recuperação do meio-ambiente, salientando ações implementadas como no Complexo Portuário de Suape, que conseguiu compensar seu passivo ambiental. "Isso nunca foi feito antes. Foi uma prioridade do nosso governo. É um exemplo de porto público que protege o meio-ambiente, e que, ao mesmo tempo, gera empregos", concluiu Câmara.


OS CRÉDITOS CONSTAM NAS FOTOS






AGENDA PAULO CÂMARA – Sábado, 27 de Setembro

RMR e Agreste na agenda
de Paulo, neste sábado

A onda amarela passará por seis cidades das duas regiões

No último fim de semana de campanha, a ordem é de muito trabalho na Frente Popular. O candidato ao Governo Estadual Paulo Câmara (PSB) começa a agenda já às 
​9​
h do sábado (27), com uma caminhada em Camaragibe. A concentração será em frente à Faculdade de Odontologia de Pernambuco (FOP), no município. Ainda na Região Metropolitana do Recife, o socialista segue para São Lourenço da Mata, para uma outra caminhada, às 11h, com concentração marcada na Praça Carlos Wilson.

À tarde, a comitiva segue para o Agreste, começando por Sairé. Da entrada da cidade, às 15h, partirá uma grande caminhada, encerrada em um comício. Às 16h30, Paulo andará pelas ruas de Camocim de São Félix. A seguir, o socialista fará caminhadas e comícios em duas outras cidades: Panelas, às 19h, com concentração no Terminal Rodoviário, e Bezerros, partindo, às 21h, do Colégio São José.


AGENDA PAULO CÂMARA – Sábado, 27 de Setembro

​9​
h – Caminhada em Camaragibe
Local:
 Concentração em frente à FOP

11h – Caminhada em São Lourenço da Mata
Local:
 Concentração na Praça Carlos Wilson

15h – Caminhada e comício em Sairé
Local:
 Concentração no Trevo de entrada da cidade

16h30h – Caminhada em Camocim de São Félix
Local:
 Concentração no Trevo de entrada da cidade

19h – Caminhada e comício em Panelas
Local:
 Concentração no Terminal Rodoviário
21h – Caminhada e comício em Bezerros
Local:
 Concentração ao lado do Colégio São José

sexta-feira, 26 de setembro de 2014

PM Bonconselhenses participam do curso de formação de cabos.


Na manhã desta sexta-feira (26), os policiais militares pertencentes a 3ª CPM-Bom Conselho: Klinger, Marco José, Amaral, Roberto, Padilha, Lima e Severo participaram da formatura do Curso de Formação de Cabos da PMPE, que ocorreu no SESC em Caruaru.

Quem esteve presente ao evento foi o candidato a Deputado Federal, Coronel Campos, que também é natural de Bom Conselho.

Nota do Blog.
Gostaria de parabenizar a todos por esta árdua conquista, fruto de perseverança e muito trabalho.



TV Clube exibe, nesta sexta, debate entre candidatos ao governo do estado de Pernambuco.

Nesta sexta-feira (26), a TV Clube/Record vai dar um show de democracia. Os telespectadores do canal 9 irão acompanhar um debate entre os principais candidatos ao governo de Pernambuco nas eleições 2014. Paulo Câmara (PSB), Armando Monteiro (PTB) e Zé Gomes (PSOL), terão cerca de duas horas, divididas em quatro blocos, para apresentarem suas propostas e discutirem temas relevantes e de interesse da sociedade. No primeiro bloco, os candidatos responderão perguntas entre si relacionadas a seis temas diferentes: saúde, educação, segurança pública, transporte, meio ambiente e habitação. No bloco seguinte, os postulantes irão responder a duas perguntas feitas pelos telespectadores da emissora. No terceiro bloco, os debatedores terão a chance de responder perguntas livres feitas entre si. E no quarto e último bloco, o tempo será destinado às considerações finais dos candidatos. O programa será ao vivo, as 22h40, e contará com a mediação da jornalista e apresentadora do telejornal Pernambuco no Ar, Isly Viana. 

Garanhuns se rende à onda amarela

Garanhuns se rende à onda amarela



Município recebeu socialista para uma grande caminhada e comício




Um dos últimos redutos da oposição, o município de Garanhuns, no Agreste Meridional, foi completamente pintado de amarelo, nesta quinta-feira (25), pela Caravana 40. Sob o comando de Paulo Câmara (PSB/Governo) e seu companheiro de chapa, Fernando Bezerra (PSB/Senado), um exército de prefeitos, ex-prefeitos e lideranças da região foi acompanhado pelas ruas da cidade por uma entusiasmada multidão. Ao longo de toda a caminhada, as pessoas faziam questão de registrar a escolha pelo avanço das transformações conquistadas pelos pernambucanos nos últimos anos.



A dona de casa Verônica de Cássia da Silva deixou tudo o que estava fazendo em casa para dar um beijo no socialista e confidenciá-lo que nenhuma pressão local será capaz de mudar o seu voto. "Eu era Eduardo de coração e agora sou Paulo do mesmo jeito. Não tem quem me faça pensar diferente. Vim aqui para dizer isso a ele. No dia 5 de outubro é 40 na cabeça e na urna também. Será uma vitória de todos nós", afirmou, emocionada, Dona Verônica.



"Amarelo" desde a época em que a Frente Popular era comandada pelo ex-governador Miguel Arraes, o comerciante José Gomes de Roma saiu de Quipapá para acompanhar a caminhada mais animada que ele já participou. "Estou muito feliz de estar aqui para ver isso; esse povo todo na rua para dizer que Pernambuco não pode parar. Não há nada que pague isso. Quando o povo quer, não há quem possa. E povo quer Paulo no Governo do Estado", destacou.



A calorosa recepção do povo de Garanhuns reforçou a determinação de Paulo Câmara em sua caminhada rumo à manutenção de Pernambuco no caminho certo. "A população já fez a sua opção. Vamos trabalhar muito para devolver todo esse carinho com muito trabalho. Vamos ter um distrito industrial forte aqui em Garanhuns para que o município e a região possam ter condições de receber empreendimentos que ajudem a transformar a vida das pessoas", frisou o socialista.
AGENDA PAULO CÂMARA – Sexta-feira, 26 de Setembro
22h40 – Debate na TV Clube/Record

Local: Diários Associados, na Rua do Veiga, 600, Santo Amaro.




Crédito: Aluísio Moreira.

Vox Populi: Armando consolida posição e agora tem 38% das intenções de voto

Vox Populi: Armando consolida posição e agora tem 38% das intenções de voto

Crédito da foto: Leo Caldas

Vox Populi: Armando consolida posição e agora tem 38% das intenções de voto


Nova rodada de pesquisa realizada pelo Instituto Vox Populi mostra que o candidato a Armando Monteiro (PTB) consolida a sua posição na corrida para o Palácio do Campo das Princesas, obtendo 38% das intenções de voto dos pernambucanos. O cenário desse novo estudo mostra um empate técnico com o candidato Paulo Câmara (PSB), que tem 40%. Isso porque a margem de erro é de 3,1 pontos percentuais, para mais ou para menos. Ou seja, se a eleição fosse hoje, o quadro da disputa eleitoral estaria em aberto.

Entre os demais candidatos a governador, Jair Pedro (PSTU) foi o único que pontuou 1%. Os demais postulantes – José Gomes Neto (PSOL), Miguel Anacleto (PCB) e Pantaleão (PCO) - não registraram o mínimo. Votos brancos ou nulos alcançaram 9% e os eleitores indecisos são 12%.

Estratificando os números, a intenção de voto de Armando Monteiro é formada
por 39% de eleitorado masculino e 36% do feminino. O candidato do PTB também tem a preferência do eleitores que ganham até um salário mínimo – esse universo corresponde a 41% do total – contra 22% dos que recebem mais do que cinco salários mínimos. Em relação ao grau de instrução, Armando Monteiro é o candidato preferido dos eleitores que cursaram o ensino fundamental: 42%.

A pesquisa foi realizada entre os dias 20 a 23 deste mês e aplicou mil questionários, em 56 municípios. O estudo foi registrado no Tribunal Regional Eleitoral sob o número 00030/2014.

Homem é morto a tiros em Bom Conselho.



Manoel Pedro da Silva, de 22 anos, residente na Rua H, Bairro José Araújo Tenório (Bairro de Vavá), foi assassinado com vários tiros dentro da sua residência, na noite de ontem (26).

O Crime. 
Segundo a esposa da vítima, eles estavam dormindo, quando por volta das 22h e 30min. Um homem alto, encapuzado, de jaqueta preta, arrombou a porta da frente da residência e efetuou vários disparos, fugindo pela porta dos fundos. Manoel Pedro foi socorrido pelo Samu, onde foi identificado lesões de arma de gogo na região do tórax, cabeça e axila, não resistindo aos ferimentos, veio a óbito por volta das 23h 30 min.

quinta-feira, 25 de setembro de 2014

Bancários aprovam greve nacional a partir da próxima terça-feira



Bancários de vários estados do Brasil aprovaram hoje (25) um indicativo de greve da categoria. Dessa forma, a paralisação, por tempo indeterminado, terá início na próxima terça-feira (30). Em assembleias feitas em todo o país na noite de hoje, os bancários rejeitaram a proposta de reajuste salarial apresentada pela Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) no dia 17 de setembro.

A proposta da Fenaban incluía reajuste de 7% no salário (0,61% de aumento real), na Participação nos Lucros e Resultados (PLR) e nos auxílios refeição, alimentação e creche, além de 7,5% no piso salarial (1,08% acima da inflação).

De acordo com a Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf), a categoria pede reajuste salarial de 12,5%, PLR de três salários, além de uma parcela adicional de R$ 6.247, piso de R$ 2.979,25 e vales alimentação, refeição, 13ª cesta e auxílio-creche/babá no valor de R$ 724,00.
De acordo com a Contraf, 46 assembleias já aprovaram a greve, sendo que os maiores sindicatos, como Brasília, São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Porto Alegre estão entre aqueles que já votaram pela paralisação. A confederação representa 134 sindicatos em todo o país.

Joaquim Neto anuncia apoio a Paulo e Fernando

Joaquim Neto anuncia apoio a Paulo e Fernando
O ex-prefeito de Gravatá Joaquim Neto (PSDB) anunciou hoje (25.09) o apoio do seu grupo político às candidaturas de Paulo Câmara (PSB) ao Governo de Pernambuco e de Fernando Bezerra Coelho (PSB) ao Senado Federal. “Escolhi ficar com Paulo e Fernando porque eles representam a continuidade do bom trabalho feito por Eduardo Campos. E essa mensagem também precisa chegar a Gravatá”, explicou.

Joaquim Neto lembrou que o ex-presidente do PSDB no Estado Sérgio Guerra, falecido no último mês de março, tinha fechado um entendimento com Eduardo para os tucanos apoiarem a chapa da Frente Popular, mas, devido a questões locais de Gravatá, só agora ele decidiu oficializar o entendimento com Paulo e Fernando.

Paulo Câmara comemorou o apoio do novo aliado e disse que a experiência de Joaquim vai ajudar a consolidar a força da Frente Popular em Gravatá e toda região do Agreste. Joaquim Neto apoia as reeleições de Bruno Araújo (PSDB) para a Câmara dos Deputados e de Alberto Feitosa para a Assembleia Legislativa.



Armando caminha com ministro da Saúde no Jordão Baixo

Armando caminha com ministro da Saúde no Jordão Baixo

Crédito da foto: Alexandre Albuquerque
Armando caminha com ministro da Saúde no Jordão Baixo

O candidato ao governo do Estado Armando Monteiro (PTB) recebeu, no fim da tarde desta quinta-feira (25), um importante reforço na reta final da campanha: o ministro da Saúde, Artur Chioro. Durante caminhada no bairro do Jordão Baixo, na Zona Sul do Recife, Chioro pediu votos para Armando e ressaltou a importância da presidente Dilma Rousseff contar com o petebista no Palácio do Campo das Princesas a partir de 2015.

Durante a caminhada, que começou na Academia da Cidade da Avenida Maria Irene, Armando ouviu o pedido de uma auxiliar de enfermagem para que o futuro governador zele pelas condições de atendimento dos Centros de Atenção Psicossocial (CAPs). "Faltam médicos, a comida é de péssima qualidade e nunca tem medicamento", disse ela, que também é portadora de esquizofrenia.

Armando afirmou que o problema é grave e que tem que ser enfrentado com seriedade. O candidato ressaltou que vai investir na requalificação dos centros, firmando parcerias com os municípios. "Vamos disponibilizar profissionais para atuar no atendimento à população, melhorando o acompanhamento clínico e a reinserção social dos usuários pelo acesso ao trabalho, lazer, exercício dos direitos civis e fortalecimento dos laços familiares e comunitários", detalhou.

Ainda durante a caminhada, o ministro falou porque a eleição de Armando é essencial para a presidente Dilma. "Estamos com Armando e Dilma porque estamos com as forças políticas que representam o compromisso com o projeto de continuidade de mudança do Brasil", disse .
Agenda de Armando Monteiro (PTB), candidato a governador da coligação Pernambuco Vai Mais Longe, nesta sexta-feira (26):
 
08h - Caminhada no centro do Recife
Concentração: Esquina da Av. Conde da Boa Vista com a Rua do Hospício - Recife/PE
 
22h30 - Debate na TV Clube/Record
Local: Rua do Veiga, 600, Térreo, Santo Amaro - Recife/PE

Pernambuco não adotará 'Lei Seca' no dia da eleição

De acordo com o TRE-PE, não há lei federal que proíba a venda de bebidas. Consumo também é permitido, mas eleitor deve estar sóbrio para votar.





Do: G1 PE

O Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE) decidiu que não baixará, este ano, uma portaria para proibir a comercialização e consumo de bebida alcóolica durante a eleição, cujo primeiro turno acontece no próximo dia 5 de outubro.

De acordo com a assessoria do tribunal, caso alguém chegue a um local de votação alcoolizado, os responsáveis pelas seções eleitorais deverão orientar o eleitor, informando que ele só poderá votar quando estiver sóbrio.


A decisão foi tomada após reunião do TRE-PE com a Secretaria de Defesa Social. A medida deverá ser aplicada no segundo turno, se houver. Porém, caso as autoridades observem algum tipo de comportamento que exija a aplicação da lei seca, o tribunal poderá baixar uma nova portaria, proibindo a venda de bebida alcóolica na segunda etapa da eleição.

Pesquisa Vox Populi: Dilma tem 38%; Marina, 25%, e Aécio, 17%


Pesquisa Vox Populi divulgada na tarde desta quinta-feira (25) pela revista Carta Capital mostra vantagem de 13 pontos de Dilma Rousseff (PT) sobre Marina Silva (PSB) no primeiro turno e de um 1 ponto, em empate técnico, no segundo turno.


No primeiro turno, o levantamento aponta Dilma com 38% das intenções de voto contra 25% de Marina e 17% de Aécio Neves (PSDB). Brancos e nulos são 7% e indecisos, 11%. Na pesquisa anterior, divulgada na terça-feira (23), Dilma aparecia com 40%, Marina, com 22% e Aécio, com 17%.

Na simulação de segundo turno, Dilma aparece com 42% contra 41% de Marina, dentro da margem de erro. Na mostra anterior, a petista somava 46% contra 39% da pessebista.

Num cenário que considera Aécio como o adversário de Dilma, a petista tem 45% contra 37% do tucano. Na mostra anterior, a presidente tinha 49% contra 34% do senador.

O Vox Populi, contratado pela Carta Capital, entrevistou 2000 eleitores em 147 municípios do País entre 23 e 24 de setembro. A margem de erro é de 2,2 pontos porcentuais. O levantamento foi registrado na Justiça Eleitoral sob o protocolo BR-00757/2014.

Pesquisa IPMN/Jornal do Commércio aponta Paulo 39% e Armando 33%.

Na contagem regressiva para a eleição do Governo do Estado, o candidato a governador pela Frente Popular, Paulo Câmara (PSB), abre seis pontos de vantagem sobre o seu principal adversário, o senador licenciado Armando Monteiro (PTB), da Coligação Pernambuco Vai Mais Longe. O novo cenário apontado no mais recente levantamento do Instituto de Pesquisa Maurício de Nassau (IPMN) mostra o socialista com 39% da intenção de voto enquanto o petebista fica com 33%. Na pesquisa publicada no dia 12 de setembro, os números eram 33% a 31%.

De acordo com o professor da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), o cientista político Adriano Oliveira, um dos coordenadores da pesquisa, o novo quadro consolida o favoritismo de Paulo Câmara, que teve uma alavancada nas consultas eleitorais desde a morte no dia 13 de agosto do seu padrinho político, o ex-governador Eduardo Campos.

“A ausência de um terceiro candidato dificulta o esforço de Armando Monteiro para virar a situação a seu favor e provocar um segundo turno. Faltando apenas uma semana, o mais provável é que a eleição termine no primeiro turno”, ponta.

Pesam contra Armando Monteiro a força do “eduardismo” que tem puxado Paulo, o crescimento da rejeição (18% dos entrevistados disseram ter medo que Armando seja eleito governador; Paulo aparece com 11%) e a perda de espaço no Recife e Região Metropolitana do Recife, de maior densidade eleitoral.
Desde a última pesquisa, Paulo só aumentou a sua vantagem nos maiores colégios eleitorais. Na capital, o socialista tem 43% da intenção, 19 pontos a mais do que Armando. Na RMR, excluindo o Recife, tem 41%, sete pontos percentuais acima do petebista. Na Zona da Mata, o cenário é de 51% para o PSB contra 20%.
O quadro só se torna mais favorável para Armando Monteiro no Agreste (34% a 34%), Sertão (28% para o PSB; 53% para o PTB) e Região do São Francisco (31% do PSB a 46% do PTB). É também nessas regiões que a presidente Dilma Rousseff (PT), candidata à reeleição e aliada de Armando, apresenta vantagem sobre a principais adversária, Marina Silva (PSB), tema desenvolvido na reportagem vinculada.


Realizada entre os dias 22 e 23 de setembro, a penúltima pesquisa do IPMN, encomendada pelo Portal Leia Já e publicada em parceria com o Jornal do Commercio, foi registrada sob o número PE-00028/2014. Foram feitas 2.480 entrevistas. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos. 


Paulo vai criar polo de confecções em Surubim

Paulo vai criar polo de
confecções em Surubim

Município recebeu a Frente Popular com caminhada que arrastou milhares de pessoas


O município de Surubim deu uma mostra, nesta quarta-feira (24), da força da onda amarela que está inundando Pernambuco. Milhares de pessoas tomaram conta das principais vias da cidade, para receber o candidato da Frente Popular ao Governo, Paulo Câmara (PSB), e seu companheiro de chapa majoritária, Fernando Bezerra Coelho (PSB/Senado). Nas calçadas, portas e janelas, os moradores se aglomeraram para dizer que já escolheram o futuro governador.

Paulo agradeceu a grande festa e lembrou seu carinho especial pela cidade, na qual morou por dois anos da década de 90, quando ocupava a inspetoria local do Tribunal de Contas do Estado (TCE). "Serei um governador que vai trabalhar para Pernambuco como um todo, de olho nas vocações de cada região. Eu sei que a vocação de Surubim é para o comércio. Por isso, vamos realizar um antigo sonho da cidade. Vamos fazer aqui um grande polo de confecções, com infraestrutura e organização para que os comerciantes possam ganhar seu dinheiro com dignidade, gerando mais desenvolvimento para o município", garantiu o socialista.

Fernando, em seu discurso, avaliou que a população de Surubim, assim como a de todo o Estado, atendeu ao chamado do ex-governador Eduardo Campos, que, por ter acompanhado a trajetória Paulo desde o princípio, entendeu que este seria - e será - melhor governador do que ele próprio foi. "Eduardo preparou Pernambuco para o desenvolvimento que virá. E escolheu Paulo como a pessoa mais indicada para liderar esse processo. Aqueles que pensavam que os bons tempos do Estado estavam passando, estão quebrando a cara. O bom tempo vai começar agora", previu o candidato ao Senado.

Armando anuncia volta do pagamento escalonado do IPVA

Armando anuncia volta do pagamento escalonado do IPVA
O candidato ao governo do Estado Armando Monteiro (PTB) anunciou, na noite desta quarta-feira (24), que vai extinguir a data única para quitação do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) e voltará a instituir o escalonamento do pagamento de acordo com o final da placa do veículo. O anúncio atende a um pleito feito por loteiros (motoristas do chamado transporte alternativo, conhecidos também como kombeiros ou toyoteiros), em reunião ocorrida na casa de recepções Flor da Festa, no bairro de Maurício de Nassau, em Caruaru, no Agreste.
Loteiros de 38 municípios do Agreste, Sertão e Zona da Mata participaram do encontro. Representando a categoria, o vereador de São Caetano João Chaves (PDT) entregou a Armando uma pauta de reivindicações dos trabalhadores, além de declarar o apoio à candidatura do senador licenciado. Entre os pleitos, a legalização do transporte alternativo em todo o Estado, assim como o pedido de isenção de IPVA e ICMS, assim como ocorre com os táxis e o transporte escolar.
Armando reconheceu a importância da categoria. “Os loteiros são empreendedores. Além disso, o transporte alternativo cumpre um relevante papel: ele chega aonde as empresas de ônibus não chegam, principalmente na zona rural”, disse o candidato. O petebista se comprometeu em trazer de volta o pagamento escalonado do IPVA (veículos de placa com final 1, 2 e 3 pagam o imposto em uma data,  os de placa 4, 5 e 6 pagam no mês seguinte e assim por diante) extinto no governo atual. “É um absurdo. Tem que ser escalonado, como sempre foi”, resumiu Armando, que ainda garantiu que vai estimular a formação de cooperativas de loteiros para que, regularizados, possam participar de concorrências públicas. 

Dilabom Informa: Ministério da Saúde admite possibilidade de epidemia da febre chikungunya no país.

O ministério alerta a sociedade para os cuidados com a prevenção. A doença, também transmitida pelo Aedes aegypti, tem sintomas semelhantes aos da dengue.



De: Correio Braziliense
Por: Ana Pompeu 

O ministro da Saúde, Arthur Chioro, disse que é possível o Brasil viver um cenário de epidemia de febre chikungunya. A América Central apresenta um surto com mais de 61 mil casos confirmados, de acordo com a Organização Pan-Americana da Saúde (Opas), de dezembro de 2013 a maio de 2014. Na última terça-feira, a pasta confirmou 16 situações em que a doença foi transmitida internamente no país e não apenas por viajantes, como vinha acontecendo. A doença é transmitida pelo Aedes aegypti, mesmo mosquito da dengue e os sintomas são semelhantes, apesar de ser menos letal.

“É possível (falar em epidemia), mas a gente ainda não consegue ter a dimensão do número de casos, nem a velocidade de propagação da doença”, afirmou Arthur Chioro. “Quando não há registro de casos e aparece alguns, você caracteriza como epidemia, no primeiro momento”, enfatiza. Desde 2010, quando o Brasil registrou três casos importados da doença, o Ministério da Saúde passou a acompanhar e monitorar a situação do vírus.

Apesar de a pasta ter um plano de contingência estabelecido desde 2012, o ministro explica que apenas a partir do segundo ano da presença do vírus no país é possível analisar a situação com mais clareza. “É quando a gente começar a estabelecer um coeficiente de incidência da doença. Aí nós vamos poder ver a magnitude e o comportamento que ela vai assumir no nosso país”, detalha Chioro.

Em 2014, 37 casos da doença foram registrados no Brasil em pessoas que vieram do exterior, especialmente soldados em missão no Haiti. Outros dois foram registrados em Oiapoque, no Amapá, na divisa com a Guiana Francesa, e 14 em Feira de Santana, na Bahia. O ministro informou que equipes do ministério foram enviadas aos municípios para auxiliar no bloqueio do vírus e controle da doença. Além disso, o trabalho junto às secretarias municipais e estaduais de saúde será intensificado, principalmente a partir de dezembro. “Pelas características epidemiológicas, vamos ter que trabalhar com a presença de mais uma doença viral. A chikungunya não tem a mesma dramaticidade, letalidade e gravidade da dengue, mas isso reforça a necessidade da sociedade não esperar o próximo verão para iniciar as ações de controle de vetores”, disse.

Controle
Além do Aedes aegypti, o Aedes albopictus é um vetor importante na transmissão do vírus Alphavirus — são os dois Aedes que circulam no Brasil. Para o médico sanitarista colaborador na Universidade de Brasília (UnB) e integrante da Sociedade Brasileira de Infectologia Pedro Tauil, é quase certo que o vírus passe se espalhar pelo país. “É questão de tempo”, diz. O combate à doença é feito da mesma forma que o combate à dengue: controlando a proliferação dos mosquitos. “O único elo vulnerável da cadeia de transmissão é o vetor. Não existe vacina nem tratamento contra o vírus, apenas contra os sintomas”, disse Tauil.

A doença provoca dores fortes nas articulações e pode se prolongar por semanas, além de febre, mal-estar e dor de cabeça. O tratamento consiste no alívio dos sintomas, que costumam durar de três a 10 dias.
Quantidade de casos de contágio interno confirmados no Brasil: 16

Sintomas
» Febre abrupta
» Dor de cabeça
» Manchas avermelhadas no corpo
» Dor intensa nas articulações, principalmente, nas menores, com as das mãos e dos pés

Origem
No idioma africano makonde, o nome chikungunya significa “aqueles que se dobram”, em referência à postura que os pacientes adotam diante das fortes dores articulares.

Subtipos
Diferentemente da dengue, que tem quatro subtipos, o chikungunya só tem um. Ao ser infectada e se recuperar, a pessoa se torna imune. O fato de alguém já ter sido infectado com algum dos subtipos da dengue não o torna mais ou menos vulnerável à chikungunya.

Letalidade
A febre chikungunya é menos mortal que a dengue. De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), complicações mais sérias são raras. O risco é maior para idosos que já tenham outros problemas de saúde
Transmissão

O vírus é transmitido pelos mosquitos Aedes aegypti e Aedes albopictus. A infecção segue os mesmos padrões sazonais da dengue. Épocas de calor e chuva são mais propícias à proliferação dos insetos. 

Prazo para tirar segunda via do título de eleitor termina hoje (25).




O prazo para o eleitor pedir à Justiça Eleitoral a segunda via do título termina nesta quinta-feira (25). De acordo com a legislação eleitoral, o documento pode ser emitido até dez dias antes do primeiro turno, no dia 5 de outubro. No entanto, no dia da votação, o eleitor poderá votar  com outro documento oficial com foto.

Para fazer a emissão da segunda via, o eleitor deve procurar o cartório eleitoral mais próximo e apresentar um documento com foto. A segunda via é feita na hora. Somente quem tinha o título ou solicitou o novo documento até o dia 7 de maio pode pedir a nova via. A data marcou o fechamento do cadastro de eleitores.