Páginas

segunda-feira, 8 de dezembro de 2014

Ex-prefeito de Capoeiras é condenado por Calúnia e Injúria.



Do Portal V&C Garanhuns

Tudo começou em 1º de novembro de 2011, quando Maurílio Rodolfo Tenório de Souza, o Neném, então ex-prefeito de Capoeiras, concedeu entrevista a Rádio Jovem CAF de Capoeiras quando fez acusações contra a Administração e Luiz Claudino de Sousa, o Dudu, então Prefeito à época. Este último entrou com uma ação na Justiça se dizendo vítima de calúnia, injúria e difamação.  Neném foi absolvido da difamação, mas foi condenado por injúria e calúnia por conta da entrevista.

Neném disse, entre outras coisas, que Dudu estava embolsando o dinheiro do povo. "Ele tá com essa quadrilha que ele levou de Garanhuns pra Capoeiras, isso não é ele, isso não é uma pessoa, isso é uma quadrilha que tá assaltando o município de Capoeiras, parece Alibabá e os quarenta amigos", disse Neném em parte da conversa na Rádio. Baseado neste termos, o Juiz  o condenou por calúnia a uma pena de dez meses de detenção que foram convertidos em prestação de serviço à comunidade pelo tempo igual ao da condenação.


Já com relação à acusação por injúria, o qual foi condenado a um mês e vinte dias, a materialidade do crime foi comprovada, segundo o Juiz, pois feriu a honra e dignidade de Dudu, chamando-o de ladrão e desonesto. A sentença foi assinada pelo Juiz Francisco Tojal Dantas Matos, em outubro de 2014, mas só foi publicada no Diário Oficial no último sábado, dia 6. Somando-se as duas penas, totaliza-se um tempo de 11 meses e 20 dias de detenção, que foram convertidos em pena de prestação de serviço à comunidade por igual período, além de multa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário