Páginas

terça-feira, 2 de setembro de 2014

Armando fala sobre propostas na TV Tribuna

Crédito da foto: Alexandre Albuquerque/Divulgação
Armando fala sobre propostas na TV Tribuna

Assista aqui ao programa

O candidato a governador Armando Monteiro (PTB) foi o entrevistado da edição deste sábado (30) do programa Ponto de Vista, da TV Tribuna, apresentado pela jornalista Eliana Victorio. Em pouco mais de meia hora, Armando falou sobre temas como saúde, educação, segurança pública, interiorização do desenvolvimento e da política de valorização do servidor público.

Armando garantiu que vai ter uma relação de respeito com os servidores do Estado. “Há áreas em que há defasagem salarial. Vamos, então, trabalhar para corrigir estas distorções”, ressaltou, lembrando que os professores da rede de ensino estadual recebem o pior salário do País.  Segundo o Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Pernambuco (Sintepe), um profissional com 30 horas de aula por semana recebe R$ 1.336,67 por mês – na Paraíba, por exemplo, o piso é de R$ 1.679,08. “Vamos avaliar o Orçamento e definir o espaço para poder atender as demandas”,  enfatizou.

O candidato ao governo falou também sobre como o desenvolvimento deve ser interiorizado. “Setenta por cento dos investimentos estão na Região Metropolitana. O Estado parece que tem hidrocefalia – uma cabeça grande e um corpo pequeno”, comparou Armando, elegendo o polo gesseiro do Araripe como caso de uma experiência bem-sucedida que corre o risco de entrar em decadência caso providências não sejam tomadas. “Há problemas com o frete, que é caro, e com a queima da lenha. A cobertura vegetal vai se acabar se não criarmos uma nova matriz energética”, propôs.

Com relação à educação, Armando lembrou que o Estado não pode se esquivar da responsabilidade de ajudar os municípios a elevar o desempenho no ensino fundamental.  “A municipalização é uma realidade. O Estado tem que oferecer o suporte para melhorar a educação na base”, reforçou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário