Páginas

terça-feira, 23 de maio de 2017

Celpe recebe solicitações de ligações provisórias para o São João


Às vésperas do início dos festejos juninos, a Companhia Energética de Pernambuco (Celpe) começa a receber os pedidos de fornecimento provisório de energia em barracas de fogos de artifício e alerta para o prazo de execução das ligações temporárias. As instalações serão necessárias em todos os locais onde não há abastecimento regular como barracas e boxes de venda de alimentos e bebidas que vão funcionar em função do São João.  As solicitações devem ser feitas o quanto antes, para que haja tempo hábil de realizar as vistorias necessárias à liberação do serviço. A Celpe ressalta que a regularização do uso da energia nesses locais é uma medida de segurança contra acidentes e lembra que a utilização de ligações clandestinas configura furto de energia, previsto no Código Penal Brasileiro.

Para solicitar as ligações provisórias, os interessados devem se dirigir no horário comercial a uma Loja de Atendimento Celpe, com antecedência de, pelo menos, quatro dias úteis do início da utilização da energia extra. Ao formalizar as solicitações, é necessário apresentar a licença de funcionamento concedida pela prefeitura e para as barracas de fogos também é exigido o atestado de regularidade dos bombeiros. Devem ser apresentados, ainda, documentos de identidade e CPF e informados os equipamentos que serão instalados. Ao declarar a carga a ser utilizada e o período, o cliente receberá uma fatura de consumo de acordo com a carga instalada e outra, referente ao serviço de vistoria, ligação e desligamento no valor R$ 15,00. É importante que o comerciante observe e informe à Celpe a existência de rede elétrica no trecho onde pretende se instalar.

Também será necessário que o cliente instale o padrão de entrada para receber a ligação provisória de energia. No ato da solicitação, ele receberá todas as orientações técnicas referentes à instalação. A Celpe avisa que não será possível o atendimento a cargas móveis como carroças, vans e caminhões.


Nenhum comentário:

Postar um comentário