Páginas

sábado, 14 de janeiro de 2017

COLUNA ENSAIO GERAL - DUAS GRANDES PERDAS PARA NOSSA CIDADE

                            


       Ontem e hoje nossa cidade teve duas grandes perdas – primeiro Capitão Gilson e segundo a artista plástica Dona Nara.

       Capitão Gilson era daqueles que vibrava com sua profissão, por isto ele era um dos melhores, pois sabemos que tudo que fazemos com amor sai bem feito. No período de um ano em que esteve à frente da 3º companhia de polícia, nossa cidade viveu um período de paz. Conhecedor profundo da sua profissão - por onde passou - deixou saudade nos seus comandados e na população. Todos sabem que o motivo de sua saída da nossa cidade foi política. Toda vez que ele saia de uma cidade ficava a expectativa que ele podia voltar - infelizmente toda esta expectativa acabou por completo na tarde desta fatídica sexta-feira 13. Gilson era um grande futebolista, bom vaqueiro, bom cantor e compositor. O Capitão era fanático por futebol e um bom conhecedor deste esporte, era torcedor fanático do Santa Cruz e do Flamengo.

       Fica aqui a minha singela homenagem a este amigo que vi pequeno nos braços do seu pai Gilson (In Memoriam) e sua mãe Mércia.


       Talvez poucas pessoas tenham conhecimento do talento de Dona Nara, ela ao longo dos seu oitenta e tantos anos, se dedicou a arte da pintura, e deixou nos quatro cantos do nosso país, muitos quadros e bandeiras de santos. Dona de casa extremada e de um coração enorme passou por esta vida só fazendo um bem. A pouco mais de um mês seu amado esposo seu José Maria de Oliveira partiu desta e sentindo sua falta veio busca-la e ela foi com satisfação, pois sua missão aqui na terra estava cumprida. Minhas condolências aos filhos e familiares.

Nenhum comentário:

Postar um comentário