Páginas

segunda-feira, 18 de julho de 2016

COLUNA ENSAIO GERAL: O GUERREIRO VALFRIDO CURVELO

                                               

Por:
Alexandre Tenório

       Dr. Valfrido Curvelo foi o maior médico veterinário que nossa cidade já teve, sabia como ninguém os males dos animais, isto numa época em que o diagnostico era feito sem exames laboratoriais ou de imagem. No início estava em toda fazenda que era chamado, com o tempo não precisava ir ver o animal apenas diziam os sintomas e ele receitava e dava tudo certo.

       Além de veterinário era um grande pecuarista, sempre trouxe novas técnicas de plantio e de manuseio de animais. Posso dizer que ele era um entusiasta da pecuária, a sua morte deixa órfãs todos os que fazem agropecuária em nossa cidade. Ele introduziu o plantio de milheto e sorgo, bem como o plantio da palma densada em nosso município. Era um grande entusiasta da inseminação artificial, foi o responsável pela a ida de vários pecuaristas de nossa cidade para a Alemanha para trazer de lá o gado leiteiro PARDO SUIÇO. Porém o seu maior trabalho foi sem dúvida a erradicação da FEBRE AFTOSA em nosso município. Foi Valfrido um dos responsáveis pela vinda da Perdigão em nossa cidade, trouxe cursos para o aproveitamento da palma na culinária, fez parte do Lions Club, era Rotariano sendo um dos seus fundadores. Quero dizer que a história de Valfrido Curvelo se confunde com a história da nossa sociedade e da nossa pecuária.

       Valfrido foi um grande boêmio, fez grandes farras, ia buscar Pedrinho com seu violão e ai tinha hora para começar mais não tinha hora para terminar. Quando morou na Rua Joaquim Nabuco era um dos responsáveis pela animação da rua, os carnavais, as festas juninas e de final de ano - a animação era total, com Zé Barros (Inmemoria), Prof. Geraldo Guedes, Tonho Angelino, Zé Felix, Geraldo Lira, Dr. Daniel Brasileiro, Alexandre Tenório...


       Infelizmente o nosso amigo tinha um inimigo morando com ele, o danado do cigarro, que levou seu irmão Docinho e agora ele, todos os familiares e amigos fizeram tudo para ele deixar o cigarro e ele resistiu a tudo e todos e o vício acabou levando-o mais cedo. Ele vai fazer uma falta danada na nossa sociedade. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário