Páginas

sexta-feira, 10 de junho de 2016

Bom Conselho é destaque em transparência nas contas públicas no Agreste Meridional

Levantamento feito pelo Ministério Público Federal aponta que o município ocupa o primeiro lugar na região e o 8º em Pernambuco.


O município de Bom Conselho foi apontado pelo Ministério Público Federal (MPF) como o município com a maior transparência das contas públicas no Agreste Meridional e o 8º em todo o Estado. Os dados estão disponíveis no portal Combate à Corrupção do MPF no 2º Ranking Nacional da Transparência, que avaliou 183 municípios de Pernambuco. O levantamento avalia, entre outras coisas, se o município disponibiliza os dados na internet e como é feito o acesso à informação. Nesta avaliação, Bom Conselho atingiu a nota 8,50.

Ainda de acordo com o levantamento, o nível de transparência de estados e municípios brasileiros aumentou cerca de 31% em seis meses. Foram avaliados 5.567 municípios, 26 estados e o Distrito Federal. O Índice Nacional de Transparência subiu de 3,92, em 2015, para 5,15, em 2016. Ou seja, Bom Conselho está bem acima da média nacional de transparência. Estados e municípios que ainda descumprem as leis de transparência serão acionados judicialmente.

O Ministério Público Federal elaborou o questionário aplicado baseado na ação nº 4 da Estratégia Nacional de Combate à Corrupção e Lavagem de Dinheiro (ENCCLA) do ano de 2015, por representantes do Ministério Público Federal (MPF), Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP), Controladoria Geral da União (CGU), Tribunal de Contas da União (TCU), Secretaria do Tesouro Nacional (STN), Associação dos Membros dos Tribunais de Contas (ATRICON), Banco Central, entre outras instituições de controle e fiscalização.



Nenhum comentário:

Postar um comentário