Páginas

quarta-feira, 22 de junho de 2016

Baú do Guarapão


E no Baú do Guarapão neste mês temos outra relíquia: o suco (guaraná de pozinho) que tomávamos após os treinos e jogos que ocorriam no cuscuz (pra quem não sabe Cuscuz era o apelido dado ao Centro Cultural, local onde durante muito tempo foi a nossa casa). 

Em pé: Everaldo (Zabé Galinha), os gêmeos Dal e Nenca (goleiraço), Jobgol, Higo (o monstro do kisuki), João Paulo e Sandro (Cachacinha); agachados: Jaime e Zé (El Locco). Era por volta do ano 2000 e na maioria dos domingos, após os treinos íamos à vendinha do finado Severino, que fica na rua XV de Novembro, tomar nosso suco e quando sobrava dinheiro comer nosso pão (neste dia como vocês podem ver não sobrou dinheiro pro pão... rsrsrsrsrsrs). Já jogávamos de 2 horas da madrugada no velho, bom e finado Cuscuz (esquecido de vez pelos políticos da cidade) e nosso treino terminava por volta das 7 horas da manhã. 

Eram épocas lendárias... nas quais Sandro Cachacinha era o craque do time na marcação e João Paulo um artilheiro nato (banheirista sim, até fazia raiva, mas fazia gols e calava a nossa boca), Zé era o rei da destruição: das jogadas, de tudo... a bola ia direto para fora do estádio, Higo o mestre das comemorações após os gols e o trio mágico das tabelinhas fantásticas: Jobgol, Jaime e Passarinho. Era tanto entrosamento entre estes três que quando caía os três no mesmo time naquele dia era aluguel de quadra na certa. Ninguém ganhava! Saudades desta época...


Vejam a seção "Baú do Guarapão", notícias, gols e muito mais no nosso site oficial:www.guarapao.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário