Páginas

quinta-feira, 3 de dezembro de 2015

COLUNA ENSAIO GERAL: PAULO LUNA

Por:
Alexandre Tenório

          Quando o conheci ele já era um senhor de certa idade, pois passou quase toda sua vida em São Paulo, onde juntamente com seu irmão Ivanildo tinham uma fábrica de elevadores. Foi um homem muito bem de vida, não sei qual o motivo que o fez deixar São Paulo e vir para Bom conselho.
          Como todos da família Tenório Luna, era muito educado, um verdadeiro CAVALHEIRO, pessoa com um grande coração.
          Paulo Luna é daquelas pessoas que ao morrer vai para um bom lugar, pois só fez o bem em vida. Era um leitor assíduo deste que vos escreve, comprou todos os meus livros e fazia questão de me cumprimentar pela a obra.
          Era um Tenório legitimo, toda vez que nos encontrávamos ele dizia - somos de sangue azul e dava aquela bela gargalhada.
          Ultimamente já bastante debilitado, resolve subir no telhado da sua casa, só que para descer deu medo e tiveram de chamar o corpo de bombeiro para retira-lo de cima da casa.
          Era um MAÇON de grande valia, e era deputado federal por Pernambuco, indo muitas vezes para Brasília representar o nosso estado e também a nossa cidade.

          Vai aqui do fundo do meu coração o pêsame para a família enlutada.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário