Páginas

quarta-feira, 2 de setembro de 2015

UPAE Garanhuns atrasa salário de médicos e servidores correndo o risco de fechar.



Esta é do blog de Carlos Eugênio.

E as informações de que a UPAE Garanhuns atravessava dificuldades financeiras, abordadas com exclusividade pelo Blog do Carlos Eugênio, se confirmam. É que a Unidade que presta atendimentos qualificados a população de 21 municípios do Agreste Meridional está prestes a fechar as suas portas. Motivo: a suposta falta de pagamentos a médicos e demais profissionais de saúde.



O Sistema de Regulação, que é manuseado pelas Secretarias Municipais de Saúde e que tem a sua Central em Garanhuns, ainda não foi aberto em sua plenitude, ou seja: para todas as especialidades, visando atendimentos de médicos especialistas naquela Unidade neste mês de setembro.

No dia de ontem, 1º de setembro, apenas os pacientes com consultas marcadas para Psicólogos, Nutricionistas e Terapeutas Ocupacionais foram atendidos. Também foram realizados alguns exames. Todavia, as consultas em especialidades comoCardiologia, Dermatologia, Endocrinologia, Gastroenterologia, Infectologia, Nefrologia, Neurologia, Oftalmologia, Otorrinolaringologia, Pneumologia, Reumatologia e Urologia estavam suspensas e, de acordo com informações extraoficiais, estão suspensas até que os pagamentos dos Médicos sejam regularizados e muitos pacientes voltaram para as suas cidades sem atendimento.


Especula-se que tanto os médicos, quanto os demais servidores da UPAE Garanhuns estão com os seus salários atrasados há cerca de três meses, sem que a Secretaria Estadual de Saúde repasse uma posição concreta aos profissionais. Segundo um Prefeito da Região, que pediu reserva da sua identidade, se cogita até a possibilidade da UPAE fechar as suas portas. “Isso é muito ruim para todos os municípios da Região”, pontuou a fonte do Blog.

É importante registrar que os municípios fazem aportes financeiros para manter o funcionamento da UPAE Garanhuns, todavia os investimentos do Estado são a maior fatia dos recursos. O Blog também apurou que diversos municípios estão em atraso com a contrapartida junto ao Sistema.

O Blog do Carlos Eugênio manteve contato com a assessoria do coordenador geral da UPAE Garanhuns, Gustavo Amorim, todavia ele não pôde atender ao Blog e nem manteve qualquer contato posterior para tratar do assunto. O Blog segue a disposição da direção da UPAE, bem como do Governo de Pernambuco, para publicar as suas versões quanto à crise financeira que assola a saúde estadual e de forma direta a população do Agreste Meridional.



IMPORTÂNCIA PARA A REGIÃO - Para ter uma ideia da importância da UPAE para a população do Agreste Meridional, a Unidade atende, com extrema qualidade, os 21 municípios que integram a 5ª Gerência Regional de Saúde (V GERES). Atualmente, a Unidade oferece diversas especialidades, 21 ao todo, nos segmentos de: Alergologia, Cardiologia, Dermatologia, endocrinologia, Gastroenterologia, Infectologia, Nefrologia, Neurologia, oftalmologia, Otorrinolaringologia, Pneumologia, Reumatologia e Urologia, entre outras, além de diversas cirurgias (cerca de 700 por mês) e exames. Há também atendimento não-médico, com enfermeiros, assistentes sociais, fisioterapeutas, nutricionistas e psicólogos, entre outros. A Unidade atende a cerca de 450 usuários/dia e vem sendo a principal alternativa para a população dos municípios que integram a V GERES.

Nenhum comentário:

Postar um comentário