Páginas

segunda-feira, 28 de setembro de 2015

Rede Feminina de Combate ao Câncer comemora 30 Anos‏‎.



A história dos cuidados com mulheres que sofrem com a descoberta e o tratamento do câncer, e o apoio às suas famílias, mudou nos últimos anos em Garanhuns, para ser mais exato, nos últimos 30 anos. Era 25 de setembro de 1985 quando um grupo de mulheres resolveu criar, na Cidade das Flores, a Rede Feminina de Combate ao Câncer, seguindo o modelo de sucesso já existente em outras cidades do país.

Com o trabalho missionário de mulheres como Dra. Irene Barros, Presidente de Honra, a Rede Feminina funciona nas dependências do Hospital Regional Dom Moura, aliás, a atual presidente, Sandra Salles, que coordenou o dia de atividades especiais, fez referências ao trabalho desenvolvido no hospital: "Dr. Luiz Melo tem sido um parceiro muito presente, possibilitando e atuando junto com o trabalho da Rede" - afirmou.

Para comemorar esta data, mais de 40 voluntárias da Rede Feminina do Hospital do Câncer de Pernambuco, estiveram em Garanhuns, recepcionadas por um Café da Manhã Especial no Hospital Regional Dom Moura. Depois, mais algumas atividades, compartilhando histórias e experiências. À noite, uma missa de Ação de Graças na Capela do Seminário São José e uma confraternização muito especial.

A Presidente Estadual da Rede Feminina, que ocupa também a vice-presidência nacional, Maria da Paz Azevêdo, esteve presente e conversou com a imprensa, mostrando a importância, a responsabilidade e o trabalho das pessoas que fazem a Rede, que atende não somente mulheres, mas também homens, famílias, comunidade. "Temos um trabalho de prevenção, mas também de acompanhamento com psicólogos e assistentes sociais." - revela.

O diretor do Hospital Dom Moura, Luiz Melo, que esteve representado por Janaína Ramos nas atividades, também deu um depoimento sobre os 30 anos da Rede Feminina: "Definir o trabalho destas pessoas, em especial as mulheres da Rede Feminina é muito difícil, diante da importância das ações desenvolvidas, movidas somente com o espírito fraterno e solidário. Em momento difíceis da vida, como a descoberta de uma doença como esta, que assusta tanta gente, poder contar com o trabalho assistencial e carinhoso da Rede é diminuir sofrimentos e acreditar que é possível, que a saúde pode ser reconquistada, como tantas histórias que elas mesmas contam, com tanto carinho. Devemos, todos nós, agradecer e parabenizar a Rede Feminina de Combate ao Câncer por estes 30 Anos de tanta dedicação à nossa gente, principalmente aos mais necessitados".

ATENDIMENTO

A Rede Feminina de Combate ao Câncer de Garanhuns atende diariamente entre 60 a 80 pacientes. Além de exames de prevenção, a Rede também disponibiliza duas médicas que trabalham realizando colposcopia, cauterização e tratam o HPV.

A Rede realiza atendimento às mulheres, de segunda a sexta-feira, no horário das 7 da manhã ao meio-dia.


Para saber mais:
HOSPITAL REGIONAL DOM MOURA
Diretor: Dr. Luís R. Melo (87) 3761.8101

Imprensa:
Ronaldo Cesar Carvalho
VOX COMUNICAÇÃO
(87) 9.9988.0423


Nenhum comentário:

Postar um comentário