Páginas

sábado, 17 de maio de 2014

Mandiocultoras concluem Programa de Formação Sociopolítica e Produtiva

Mandiocultoras da Bacia do Goitá concluem
ações do Programa de Formação Sociopolítica e Produtiva




Cento e oitenta mulheres que trabalham no processamento da mandioca no território da Bacia do Goitá – formado pelos municípios de Vitória de Santo Antão, Chã de Alegria, Pombos, Lagoa de Itaenga, Glória do Goitá e Feira Nova – receberam nesta segunda-feira (12) o diploma de conclusão do Projeto de Formação Sociopolítica e Produtiva. A ação é tocada pelo ProRural, Secretaria da Mulher de Pernambuco e Centro de Mulheres de Vitória de Santo Antão.

Durante quatro meses, as trabalhadoras rurais participaram de atividades de formação dividas em dois módulos: o primeiro com ênfase em cidadania e políticas públicas e o segundo focado no fortalecimento econômico da produção da mandioca, destacando o processo de criação de associações e cooperativas.

O secretário de Agricultura e Reforma Agrária de Pernambuco, Aldo Santos, prestigiou o evento ao lado da secretária da Mulher, Cristina Buarque, e do gerente geral do ProRural, Walmar Jucá. “Criamos autonomia para as mulheres que vivem da produção de mandioca. Elas estão saindo da dependência dentro de casa para desempenhar um papel de protagonista nas famílias”, sublinhou o secretário, que ainda destacou a intenção de ampliar o programa. “Mulheres de outras regiões de Pernambuco querem estudar a experiência da Bacia do Goitá para aplicar em mais municípios”, afirmou.

Para a agricultura Clécia Barbosa, de Glória do Goitá, a capacitação também vai melhorar as relações trabalhistas: “agora que sabemos dos nossos direitos, fica mais fácil e mais seguro negociar com o patrão. E ainda podemos repassar o que aprendemos nas rodas de conversa com os amigos”.


A solenidade de entrega dos certificados foi realizada na Faculdade Osman Lins (Facol), em Vitória, e contou com a presença de alunas, monitoras e organizações sociais que contribuíram com a ação. O programa recebeu um investimento de R$ 187 mil.


Fotos: João Tavares

Nenhum comentário:

Postar um comentário