Páginas

sábado, 17 de maio de 2014

Feira de Socialização do Projeto Educação com Energia apresenta trabalhos de estudantes da rede pública

Projeto desenvolvido por Celpe, Fundação Roberto Marinho e Governo do Estado atendeu 33 mil estudantes e capacitou 198 professores de 60 escolas



Recife, 16 de maio de 2014 – Alunos de 24 escolas públicas dos municípios do Recife, de Barreiros, Rio Formoso e São José da Coroa Grande participam, neste sábado (17), da Feira de Socialização do Projeto Educação com Energia, da Companhia Energética de Pernambuco (Celpe) em parceria com a Fundação Roberto Marinho e a Secretaria Estadual de Educação, que sediará o evento. Os estudantes apresentarão os trabalhos sobre energia elétrica desenvolvidos com o acompanhamento por equipes do projeto, nos últimos meses.
A feira tem como finalidade apresentar ao público o resultado do aprendizado recebido por meio da Metodologia do Projeto Energia que Transforma, desenvolvida pela Fundação Roberto Marinho, com orientações sobre o uso racional e eficiente da energia elétrica. Sendo assim, todos os trabalhos terão como tema central a energia elétrica, podem abordar assuntos relacionados e vinculados a disciplinas como química, física, matemática, geografia e ciências.
Os alunos escolhidos fazem parte de um grupo de 33 mil estudantes e 198 professores de 60 escolas do Recife, Tamandaré, Barreiros, São José da Coroa Grande, Rio Formoso e Sirinhaém capacitados no último ano. Foram distribuídos 285 kits de estudos para as escolas e cerca de oito mil lâmpadas econômicas para os pais dos alunos que assistiram às palestras ministradas nas unidades educacionais.
Neste modelo, educadores e pais atuam como multiplicadores das práticas de eficiência energética nas escolas e na família. A ideia é que, por meio da elaboração dos projetos interdisciplinares, o estudante motivado contribua para a expansão do conhecimento aos familiares, vizinhos e comunidade, conscientizando um maior número pessoas para a utilização dos recursos naturais e para o desenvolvimento sustentável.
A Fundação Roberto Marinho ficou à frente das formações e da elaboração dos materiais didáticos e pedagógicos. A Secretaria Estadual de Educação indicou os professores e educadores formados e acompanhou as ações desenvolvidas e a Celpe ficou com a supervisão geral de todas as etapas do projeto.

Educação com Energia


Criado em 2009, o projeto Educação com Energia integra o Programa Anual de Eficiência Energética da Celpe, regulado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). Desde o seu início, o projeto capacitou 3.160 professores e atendeu 91 mil alunos da rede pública. A iniciativa está ancorada na política de sustentabilidade do Grupo Neoenergia, que adota o modelo de gestão socialmente responsável em todas as suas atividades, visando à criação de valor ao negócio e a contribuição para uma sociedade sustentável.

Nenhum comentário:

Postar um comentário