Páginas

terça-feira, 27 de maio de 2014

Começa processo de canonização de Dom Helder Câmara.



O arcebispo Metropolitano, Dom Fernando Saburido, vai solicitar ao Vaticano a abertura do processo de canonização de Dom Helder Câmara, arcebispo emérito de Olinda e Recife, falecido em 1999. Nesta terça ele assinou uma carta dirigida à Congregação Para Causa dos Santos, em Roma, pedindo licença para iniciar os trâmites. O anúncio foi feito esta manhã (27.05), na solenidade de leitura do relatório oficial do Caso Padre Henrique, apresentado pela Comissão da Verdade de Pernambuco na Igreja dos Manguinhos, nas Graças.

A carta expõe dados biográficos de Dom Hélder. Após a aprovação do Vaticano, o arcebispo poderá abrir o processo.  Hélder Pessoa Câmara nasceu no dia 7 de fevereiro de 1909 na cidade de Fortaleza e ainda muito jovem, aos 14 anos de idade, ingressou no seminário da igreja católica. Dez anos depois, foi nomeado padre e mudou-se para o Rio de Janeiro com o desejo de aprofundar seus estudos. Destaque em seus trabalhos sociais, veio para o Recife e foi nomeado Arcebispo de Olinda e Recife, onde permaneceu até a data de sua morte, em 1999.

A luta contra a ditadura é apenas uma parte do ativismo de Dom Helder. O bispo católico também era destaque em seu trabalho na igreja, que ele entendia como uma instituição que deve ser voltada à prática de caridade (ou seja, ajuda aos pobres). Hélder estava sempre perto dos pobres e sentia compaixão por eles. Outra ação muito presente no trabalho de Dom Helder era a divulgação da paz. Tanta dedicação rendeu a ele quatro indicações para o Prêmio Nobel! 

Nenhum comentário:

Postar um comentário