Páginas

terça-feira, 1 de abril de 2014

Centro Infantil tem inicio de aulas definidas.




Em reunião realizada no Centro Infantil na tarde de ontem, onde estiveram presentes: a diretora do centro infantil, professores, pais, a coordenadora de educação, Maristela Almeida, os vereadores Geninho Tavares, Léa Ramos e Márcia, ficou definido que o local provisório para alojar os 400 alunos, será no prédio onde funcionou a Cilpe e logo após a Parmalat e que encontra-se em obras para receber os alunos. 

A secretária de educação, Cibely Cavalcante, também esteve presente na reunião informando que as aulas iniciarão na segunda-feira, dia 14 de abril. Também foi informado que ônibus de transporte escolar ficará encarregado de levar e recolher as crianças no Centro Infantil.





3 comentários:

  1. Fizeram essa reunião para colocar papa na boca das pessoas, as mães estavam organizando uma passeata para ir para a prefeitura, então rapidamente fizeram essa reunião para nada porque essa escola não vai funcionar nem tão cedo, quem já visitou disse que o lugar parece umas baia de cavalo, isso é lugar que se coloque alunos, agora é muito fácil colocar a culpa em Judith, resolvam o problema reformem o centro infantil que é um prédio maravilhoso, só está precisando reforçar o que está caindo, quanto não será gasto pagando por esse prédio, o dinheiro já investia na propria escola, é muita burrice, outra coisa uma mãe chamada Marcela foi para rádio esculhambar e depois foi desmentir tudo, acho que ai tem alguma coisa errada como muda de opinião assim tão rápido o que fizeram com você minha filha, só vejo palavras bonitas, colocar o nome de Deus em vão, mais ação nada, só se tem propaganda enganosa, reformando praças tendo muitas escolas caindo, sim outra coisa na praça da matriz que vai ser reformada não sei pra que deveria ter uma placa avisando quanto será gasto, em quanto tempo termina, qual a empresa, e isso pode é, agora aqui em Bom Conselho está podendo tudo. Fica a minha indignação, ainda tinha muita coisa para falar, mais ficaria muito extenso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. São duas mães diferentes. As duas tem o mesmo nome, Marcela. Uma esteve na rádio e a outra foi entrevistada depois da reunião, onde pediu para falar.

      Excluir
  2. Essa secretária não sabe nem falar fica gaguejando, não tinha o que fazer foi mandar os pais rezarem é muita incompetência, ficar enganando essas mães e colocando a culpa nos outros é muito fácil, resolvam o problema incompetentes, estão colocando umas pedras velhas nas praças que já estão todas se soltando,é pra dizer que estão trabalhando desse jeito jogando o dinheiro público fora, que vergonha para nossa cidade.

    ResponderExcluir